U.N.S Idiomas - Inglês para sua vida.

Por falta de proficiência em inglês, bolsistas do ‘Ciência sem Fronteiras’ têm que voltar para o Brasil

Notícias

 

 

O Ciência sem Fronteiras (CsF) é um programa que oferece bolsas de intercâmbio no exterior para alunos de graduação e pós-graduação. Porém, por não terem conseguido bom nível de proficiência em inglês, 110 beneficiados do programa terão que voltar para o Brasil.

 
A maioria dos brasileiros não domina o inglês, por isso Portugal é o destino favorito dos inscritos do CsF. Em 2012, um em cada cinco universitários optaram por fazer o intercâmbio neste país. A demanda é tão alta que o Ministério da Educação (MEC) teve que cancelar bolsas para instituições portuguesas e enviou os estudantes para países de língua inglesa.

 

Quem participa do programa pode estudar inglês, por um período, no país estrangeiro. Mas, para dar início ao curso universitário, é necessário atingir nível de proficiência no idioma. O que não aconteceu com 110 alunos que estão na Austrália e no Canadá que foram convocados a voltar para o Brasil.

 
A carência de brasileiros fluentes no idioma não é novidade. De acordo com o Índice de proficiência em Inglês, o Brasil está em 38ª posição no ranking composto por 60 nações. A estatística é preocupante para um país influente no cenário internacional e com expectativa de crescimento no mercado global.

 
Por não dominar o inglês, os alunos do CsF perderão a oportunidade de “manter contato com sistemas educacionais competitivos em relação à tecnologia e inovação”, e, com isso, ter experiências importantes para a carreira profissional e trazer ideias inovadoras que poderiam resultar em melhorias no Brasil, que é a proposta do programa.

 
Este caso ilustra a importância do inglês no crescimento profissional dos brasileiros e no desenvolvimento do país. Estude inglês e faça a diferença!

Redes Sociais

Acompanhe a U.N.S Idiomas nas redes sociais e fique por dentro das novidades.