U.N.S Idiomas - Inglês para sua vida.

5 dicas para não travar ao falar inglês

Dicas

Muita gente estuda inglês por anos e, quando efetivamente precisa falar, trava. Ou se sente desconfortável com o idioma de alguma forma. Isso acontece por diversos motivos – seja falta de confiança no vocabulário, seja medo de ser julgado pela gramática, seja porque na hora deu branco. Independente de qual seja a razão que te leva a travar, estas dicas vão te ajudar a destravar a língua e falar inglês sempre qe for necessário.

1 – Inclua o uso da língua na sua rotina

Utilizar o inglês apenas em sala de aula realmente não é a melhor forma de absorver o idioma. Consequentemente, não é também o que vai te ajudar a falar quando for preciso. Porém, quando você incorpora o uso do idioma à sua rotina, as coisas ficam mais simples. Experimente dar pequenos passos: leia blogs e sites em inglês, assista a séries e filmes sem legenda, mude as configurações do seu celular e das suas redes sociais para inglês, ouça músicas e cante junto, vale até conversar consigo mesmo em inglês. Todo exercício, por menor que seja, faz com que você absorva melhor o idioma e perca o medo de falar.

2 – Leia livros em inglês

Não precisa ser nada muito elaborado. Peça indicações a amigos e professores de livros bacanas, que te interessem e que você consiga ler de acordo com seu nível. Quando tiver dúvida sobre o significado de uma palavra, frase ou expressão, leia-a em voz alta. Às vezes a sonoridade auxilia na compreensão. E essa é mais uma forma de internalizar o uso do idioma.

3 – Pense em inglês

Não é à toa que os professores repetem tanto que a gente deve parar de  pensar em português. A razão por trás dessa chamada é linguística – as estruturas gramaticais em português e em inglês são diferentes. Então se você pensa em português e tenta fazer uma rápida tradução mental para o inglês as chances de se embananar aumentam. Procure pensar em inglês quando tiver de falar. A fala sai de forma mais natural, o que reduz bastante os engasgos.

4 – Equilibre seu conhecimento

Muitas pessoas focam muito na aplicabilidade do inglês no dia a dia. Por exemplo: quem trabalha com redação foca muito em aprender a ler e escrever em outro idioma, mas negligencia a fala. Quem participa de muitas reuniões e conferências em inglês acaba trabalhando mais a conversação que a leitura e escrita. Independente de qual seja seu caso, procure explorar todas as frentes do conhecimento. Se você participa de muitas conferências, por exemplo, uma forma de manter sua escrita em inglês em dia é ler sites, blogs, notícias e livros em inglês. Já se você usa mais o inglês escrito, procure ouvir músicas, ver vídeos e séries em inglês e praticar sua fala com amigos, parentes ou mesmo com o espelho. Tudo isso vai te ajudar a ter uma base mais uniforme da língua inglesa.

5 – Não tenha medo de errar

Muitos linguístas costumam dizer que todo idioma é um organismo vivo. E é verdade. Toda língua está em constante mudança. A gente comete deslizes com as normas técnicas da nossa língua materna o tempo todo, então tire de si a pressão de falar um inglês 100% gramaticalmente correto e estruturado. A fala, mais que a escrita, permite alguma flexibilidade. Então respire fundo e solte a voz!

Curtiu estas dicas? Fique atento ao nosso blog para mais dicas de estudo e de inglês no mercado de trabalho. Acompanhe também nossa página no Facebook e no Instagram.

Redes Sociais

Acompanhe a U.N.S Idiomas nas redes sociais e fique por dentro das novidades.