U.N.S Idiomas - Inglês para sua vida.

5 dicas para elaborar um currículo em inglês

Inglês mercado de trabalho

Oportunidades de emprego que exigem proficiência em inglês normalmente dão preferência a candidatos que enviam seus currículos também no idioma. Mas o currículo em inglês não deve ser apenas a tradução do documento em português. Confira abaixo algumas dicas para montar seu resume de maneira adequada.

Escolha um layout que favoreça a apresentação do seu currículo

Muitos currículos são sumariamente descartados pelas empresas pois seus formatos não são suficientemente atrativos para as empresas recrutadoras. Evite colocar, por exemplo, cabeçalhos com títulos como “Curriculum vitae” ou “Resume”.
Opte por iniciar seu currículo com seus dados e um resumo de suas qualificações. Por exemplo:
Jane Do
Bachelor’s degree in Communications, especialized in Social Media Marketing with a 5 years experience in tracking and analysing social media plataforms.

Graduações, títulação e certificados técnicos

Embora apenas empresas mais tradicionais ou vagas que exigem um determinado tipo de documento dão grande atenção aos dados de formação acadêmica do candidato. Muitas vezes, a formação acadêmica é suplantada pela experiência que o candidato possui na área de trabalho. Porém, para estes casos específicos em que a formação acadêmica deve ter destaque no currículo, preste atenção às nomenclaturas dadas aos títulos:
Técnico ou tecnólogo: Estas especificações devem ser classificadas como “Technical license” ou “Technician’s license”.
Graduação: Mesmo no Brasil, a graduação pode ter mais de uma titulação. Por exemplo: um graduado em letras pode ser tanto licenciado ou bacharel. Quando levamos para o inglês, a licenciatura vira “college degree” e o bacharelado “Bachelor’s degree” ou “BA – Bachelor of Arts” e BS – Bachelor of Science”.
Pós-graduação: As pós-graduações latu sensu devem ser ser apresentados como graduate studies. Aqui mora o pulo do gato: muita gente erra ao colocar no CV cursos de pós-graduação latu sensu como post-graduate studies. Mas o post-graduated é um título equivalente ao pós-doutorado ou à livre docência em português. Os degrees em inglês são: college degree, bachelor’s degree, graduated degree, master’s degree, doctor’s degree e post-graduated degree.
Então, se você tem uma pós graduação latu sensu, nunca use o post-graduation para indicar seu grau de conhecimento.
Mestrado: o título de mestrado em inglês é o master’s degree ou MA (Master of Arts) ou Msc (Master of Sciences).
Doutorado: O doutorado é, talvez, o título mais crítico de se traduzir para o inglês, uma vez que existem diversas áreas de especialização consideradas doctoral studies.
Ficou-se estabelecido, porém, que as principais diferenciações seriam entre o doutorado para área médica MD – medical doctor e para as demais áreas o PhD – Doctor of Philosophy.
Uma curiosidade: o título de livre docente é o Professor’s Degree. E, por conta de sua raridade, muitos doutores recebem a titulação honorária de professor.

Experiências profissionais

Como esta é uma área de destaque do currículo onde o recrutador efetivamente olha, separe-a em Professional background, onde serão listados os empregos que você já teve e Major acomplishments para as realizações que merecem destaque em uma ou outra empresa. Seja suscinto: só entram em major acomplishments o que são realmente grandes realizações, aquelas que evelaram seu nível profissional.

Idiomas e informática

Para idiomas, coloque o título de “Language skills” e não minta sobre sua habilidade – seja ela basic, intermediate, advanced, fluent ou native.
Já para informática, duas formas são aceitas: Computer skills ou Softwares’ Proficiency skills.

Outros

Nesta área entram outras especializações e certificações que forem relevantes para a vaga, publications (para áreas acadêmicas ou se convir), international trips (experiências internacionais convenientes), awards, honors, scholarships e grants para prêmios e bolsas de pesquisa que mereçam destaque, volunteer work para trabalhos voluntários e afins.
Evite colocar pretensão salarial e referências no corpo do currículo. Se você considerar relevante, acrescente o texto “Professional and personal references available on request”.

Siga essas dicas e prepare-se bem, pois empresas que pedem proficiência no idioma, normalmente aplicam testes e fazem entrevistas em inglês.

Fique atento ao nosso blog para mais dicas de estudo e de inglês no mercado de trabalho. Acompanhe também nossa página no Facebook e no Instagram.

Redes Sociais

Acompanhe a U.N.S Idiomas nas redes sociais e fique por dentro das novidades.