U.N.S Idiomas - Inglês para sua vida.

Qual é o seu perfil de tomador de decisão?

Inglês mercado de trabalho

 

 

O seu trabalho exige tomada de decisões constantes? Saiba que suas decisões diárias podem influenciar a sua vida pessoal e profissional. Como lidar com elas?
No livro Yes or No: How Your Everyday Decisions Will Forever Shape Your Life, o empresário Jeff Shinabarger identificou sete perfis mais comuns em profissionais, publicados pela revista Exame.
Confira qual é o seu tipo de tomador de decisão e veja como usá-lo em prol de conquistas profissionais!
O indeciso
Para evitar conflitos, os indecisos costumam adiar decisões. O conselho para estes profissionais é fazer um balanço de suas expectativas e de seus medos. Como ressalta Jeff, devem arriscar para não perder oportunidades.
O coletivista
Este profissional só toma decisões após consultar um grupo de pessoas. Desta forma, tem lentidão em decidir. Segundo o autor, o coletivista deve ter clareza sobre o que espera de suas escolhas e valorizar as suas próprias intuições.
O aventureiro
As decisões do aventureiro são motivadas pela vontade de ampliar a bagagem pessoal e, consequentemente, podem ser inadequadas ao negócio. A dica é evitar pensar apenas sobre o presente e entender que todas as decisões são importantes para o alcance de seus objetivos.
O analítico
Sempre coleta o maior número de informações e dados. Deve ter em mente que as decisões não se limitam ao racional e, em alguns casos, são impossíveis de serem analisadas com precisão. Um bom conselho é sondar as emoções das pessoas de sua equipe.
O ponderado
Age apenas após ter analisado todos os prós e os contras da situação. Sua maior qualidade é facilidade em avaliar situações complexas em que consequências devem ser consideradas. O conselho é ter mais flexibilidade para lidar com o desconhecido.
O espiritualizado
Para estes profissionais, muitas vezes as respostas surgem por meio das crenças pessoais. O lado positivo é a facilidade em fazer reflexões mais aprofundadas. Mas, segundo Jeff, não devem se restringir à religião na hora de tomar uma decisão.
O intuitivo
Para o intuitivo, a emoção pesa mais do que a razão. Estes profissionais se arriscam com mais facilidade e tomam decisões mais rapidamente. A dica é conter o impulso inicial e se questionar sobre as possíveis consequências, negativas e positivas.

Redes Sociais

Acompanhe a U.N.S Idiomas nas redes sociais e fique por dentro das novidades.